15 setembro 2010

Felicidade: Algum pré-requisito?

Será que você tem que resolver todos os seus problemas antes de se permitir ser feliz? Obviamente que não. Será que você deve negar, ignorar esses problemas, e deles fugir, para que consiga ser feliz? Certamente que não. Será que para ser feliz você deve primeiramente satisfazer todos os desejos do seu coração? Evidentemente que não.

A felicidade não requer nenhum pré-requisito, a não ser a própria vida. Ela acontece em função da maneira pela qual você decide viver e responder ao mundo ao seu redor, e não em virtude da forma em que ele porventura venha a lhe responder. A felicidade pode ser sua. Ela não depende de fatores que estão além da sua capacidade de controlá-los; tampouco existe em função deles.

Esta é a razão pela qual é possível encontrar pessoas que estão hoje enfrentando seriíssimas dificuldades, e ainda assim vivem uma genuína alegria e felicidade, de difícil ou até mesmo impossível compreensão humana. Essas pessoas descobriram um precioso e singular segredo: a felicidade não está em alcançar um determinado objeto ou uma propriedade. Descobriram ainda que ela também não consiste num julgamento ou numa avaliação.

Hoje você pode ser feliz, dependendo única e exclusivamente do referencial que você tem para experimentar tal felicidade. A felicidade tem origem no coração, mas num coração completamente submisso à soberana ação de Deus nessa vida. Esta é a razão pela qual hoje você pode ser feliz mesmo sem ter uma aparente razão para tal felicidade. Aprenda a ser feliz sem sequer ter razão para ser feliz, e você será feliz de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário