23 janeiro 2011


... Amo mais do que posso e,
por medo, 
sempre menos do que sou capaz...

(Martha Medeiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário