23 janeiro 2011


Quantas vezes você se perdeu olhando pro nada,
pensando como tudo poderia ser diferente?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário