28 março 2012

Vai que o destino esbarra...




“Eu não entendo como uma mulher pode sair de casa sem se arrumar um pouco - mesmo que por delicadeza. Depois, nunca se sabe, talvez seja o dia em que ela tem um encontro com o destino. E é melhor estar tão bonita quanto for possível para o destino. “ 


Nenhum comentário:

Postar um comentário