16 abril 2012

Viciados em Amor




Os viciados em amor estão por toda parte. Pelos cantos, no meio da rua, cruzando a Avenida Rio Branco as cinco da tarde, nas atualizações do Facebook, inventando vidas virtuais em jogos vazios de sentido, postando fotos de baladas, festas e bebedeiras. Os viciados em amor tentam a todo custo preencher suas vidas com aquilo que não conseguem ter. Então serve qualquer coisa pra tapar o buraco que o amor deixou. Enchem com vodka. Vedam com tarja preta. Fecham com todo tipo de entulho.
E fazem tanto barulho por nada, tanto estardalhaço...
Eu também já fui viciada em amor. E é por isso invento amores todos os dias em meus poemas.
Deixo a vida vazia porque o vento dá um arrepio gostoso quando bate pra fazer a curva e levar a brisa pra fora de mim.



Nenhum comentário:

Postar um comentário