09 agosto 2013

Um Passado Sorridente



És linda com esse sorriso bobo. Não precisa me beijar de novo, nem sorrir pra mim de volta, sorria pra você e com você… Me esqueça, mas não deixe de sorrir. Continue sorrindo mesmo eu sendo passado. Eu fiz parte da sua vida, conheci suas inseguranças e sua família, seus sorrisos e suas manias, seus beijos e seus tapas, mas hoje, sou um passado sorridente.
Sou um passado sorridente que entende a vida e suas finitudes, e assim aprecia a sabedoria de um término inteligente. A vida segue, mas os sorrisos ficam, incutidos no passado, nas lembranças e nas vontades que matamos juntos. Não sinta saudade de mim, eu sou passageiro, um viajante volátil, sinta saudade dos sorrisos que te proporcionei e anseie os sorrisos que a vida ainda irá te proporcionar. Eles sim são eternos, eu não.
Quero te ver sempre sorrindo, pois acredite, em qualquer lugar que eu esteja também estarei lá, sorrindo. E assim lembrando de como a vida funciona, mas principalmente de como hoje virei um passado que não vê saída melhor do que mascar o passado sorrindo.
Então me esqueça sorrindo, isso é o que posso te desejar de melhor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário