01 dezembro 2014

Qualquer palavra



Criar o mundo quando amanhecer
Viver da arte e o que ela pode dizer
Beber a lua e brindar com o sol
As madrugadas pelas ruas vencer
Qualquer palavra que sai, qualquer conversa vai
De bem com a vida e com sonho
Qualquer desejo se esvai qualquer inspiração 
pro tempo que não vivemos.

Rodrigo Borges e Lenine

Nenhum comentário:

Postar um comentário