02 junho 2016

O DIA QUE DESISTI DE VOCÊ ...



Leia ouvindo: Rubel – Quando Bate Aquela Saudade

Desisti de você numa segunda-feira, depois de um final de semana maravilhoso. Ninguém entendeu nada, não precisavam na verdade. Nem você vai entender. Eu vou sumir e não espere ser correspondido com mensagens ou ligações. Estou oficialmente desistindo de você e tudo aquilo que pode me oferecer. Como poucos, você conseguiu me revirar do avesso. Eu que já não sou muito organizada, ando uma bagunça só. Nada será como antes. Eu mudei.

É engraçado desistir de algo que não se tem. Você não desiste só da tentativa, você desiste do todo. E eu, bonito, cansei de tentar com você. É um final de semana maravilho seguido de outros comuns, cada um com a sua própria rotina, nossos amigos e vida. Somos realmente leais as nossas vida, é bonito. É egoísta também. Moramos longe, mas até onde eu sei distância não atrapalha tanto assim.
Estou desistindo – de cabeça bem erguida – de tudo aquilo que eu não tive. Nunca tive você de verdade. Tive sim, beijos, abraços e carinhos trocados em momentos de intensidade. O que viria depois se perdeu. Talvez não seja para agora. Não sou boa em matar esperanças, prefiro que elas me abandonem.

Depois de um tempo e algumas boas surras de vida, a gente aprende a não perder tempo, lágrimas e pensamentos com quem não se encanta como a gente. A gente passa a colecionar momentos como quem coloca conchas bonitinhas achadas na beira da praia em um saco plástico e leva pra casa. Nada de especial, apesar de serem únicas. As conchas vão parar num pote de vidro no canto da sala. Não faz parte do cotidiano, mas faz parte da memória. Fazemos o mesmo com algumas histórias.
Você não deixa de ser especial, eu só cansei sabe? Não estou trancando a porta, pelo contrário, está bem aberta. Quem decidiu sair de casa fui eu. Cansei de brincar de banho maria e ter que lidar com intensidades só quando você quer.

Espero que fique bem, esteja bem. Mande notícias as vezes, gosto de saber da sua correria, seus planos e ideias. Continuo achando que por ai tudo dar certo no final.


Estou correndo para a vida, mando notícias quando der. Continuo achando que vamos dar certo no final.



Nenhum comentário:

Postar um comentário